sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Reflexo

Quem é essa dona
que a imagem reflete
e que me contempla
no espelho do lago?
É fada? Demônio?
É viva? É morta?
Será que é miragem?
Concreta, palpável?
Ou inacessível?

Quem é essa peça
tão indefinível
de quem visto a pele
e habito a carcaça?

E.Stoducto

3 comentários:

Anônimo disse...

Isso é pergunta que se faça? Se compartilho o mesmo pensamento? É CLARO QUE SIM, mas me admira muito que você olhe para e não reconheça seu próprio lar.

(e eu sei que você cuida bem dele)

Vida, a vida em toda sua dimensão disse...

...é por conhecer demais que eu ainda levanto dúvidas sobre mim mesma...

Decifra-me

ou te devoro :D

Anônimo disse...

devora-me então, pois não preciso de decifrar... tanto como eu, você simplesmente é, e não preciso saber daquilo que você não vai querer me contar.